A prototipação de aplicativos demonstra como o software funcionará, além de proporcionar um estudo prévio do projeto. O objetivo é comunicar o design e o fluxo de navegação do app para maximizar a eficiência do desenvolvimento.

Além disso, trata-se de um exercício valioso que resulta na visualização dos fluxos do usuário. Naturalmente, haverá erros, mas a prototipação permite que essas inconsistências sejam descobertas nos estágios iniciais de um projeto.

A prototipagem é a quarta etapa do processo de Design Thinking e esse estágio ajuda as equipes a aprenderem como as pessoas interagem com o produto preliminar para descobrir novas soluções ou determinar se a solução existente é bem-sucedida.

Os aprendizados de uma prototipação de aplicativo permitem que o time reenquadre um ou vários dos problemas identificados a partir das etapas anteriores de pensamento de design.

Como resultado, todos no projeto têm uma compreensão mais precisa dos desafios que os usuários enfrentam quando usam o produto no contexto de sua vida.

Neste artigo, abordaremos a importância dessa etapa do design thinking e como montar um protótipo de aplicativo. Continue lendo e aproveite!

A importância da prototipação de aplicativos

A ideia principal de criar um protótipo é tirar o projeto do papel, ter a oportunidade de corrigir erros rapidamente e lançar o aplicativo em menos tempo.

Assim, antes de liberá-lo diretamente para o mercado, um protótipo permite que você resolva as falhas, certificando-se de que seu app excederá as expectativas de seus clientes quando lançado.

Além disso, permitirá que você veja se o software reflete o projeto e está adequado às necessidades do usuário. Veja outras razões que tornam essa etapa de desenvolvimento tão importante:

1 — Redução dos riscos

Os riscos do projeto com a etapa de prototipagem concluída são significativamente menores.

Os protótipos podem reduzir o risco técnico, permitindo que as equipes se tornem mais ágeis e concentrem os esforços iniciais nas resoluções de erros.

Esse fato tem uma explicação bastante simples — os protótipos afetam diretamente os componentes mais importantes do projeto: recursos, tempo e orçamento.

Após a realização da prototipagem, a maioria das deficiências ocultas são expostas e lacunas funcionais são encontradas. Portanto, é possível entender e estimar o número de recursos necessários e o tempo de desenvolvimento.

2 — Testes sobre a experiência do usuário

Com um protótipo funcional você consegue testar o aplicativo móvel e coletar dados de experiência do usuário. Dessa forma, os testes serão suficientes para fazer adições de recursos e correções.

Os testes ajudam a detectar o precisa ser alterado facilmente para melhor se adequar aos projetos e aos desejos dos clientes, sem estourar seu orçamento.

Esse processo pode precisar ser feito algumas vezes antes de o produto ser lançado.

3 — Coleta de feedbacks

A exposição do protótipo ajuda a unificar todas as ideias e permite que os beneficiários vejam o produto de uma perspectiva diferente.

O feedback é essencial para descobrir as necessidades e expectativas dos usuários, os requisitos de negócios e uma ideia clara de para onde o produto está indo.

Como montar um protótipo de aplicativo

Passo 1: desenhe sua ideia no papel

Acredite ou não, este esboço é o protótipo de baixa fidelidade. O objetivo principal de um protótipo de papel é apresentar visualmente uma ideia rapidamente. Sem detalhes, sem cores, sem arte basicamente. Seu primeiro protótipo de aplicativo móvel deve ser o mais simples possível.

Passo 2: crie um protótipo digital interativo

Quando seu esboço de papel estiver pronto, passe a criar um protótipo digital. Este deve ser um projeto digital da sua aplicação. Mais uma vez, você não tem que entrar em detalhes, mas se concentre em uma arquitetura clara e possíveis interações.

Você pode utilizar ferramentas para fazer um POP Digital prototype in a few minutes (protótipo digital em poucos minutos), como Adobe XD, InVision, Fluid, Pop App, Justinmind, UXPin, Marvel App e Figma.

Passo 3: compartilhe seu protótipo digital

Um protótipo digital é uma ótima ferramenta para colaboração e discussões, pois pode ser facilmente compartilhado com qualquer pessoa em qualquer lugar. Dependendo da ferramenta que você escolher para prototipagem, você pode contar com alguns recursos interessantes.

O InVision, por exemplo, permite comentar cada elemento do protótipo do aplicativo móvel on-line em tempo real. Isso torna o trabalho na estrutura e design de aplicativos web mais fácil e altamente eficaz.

Uma vez que seu protótipo digital esteja pronto, compartilhá-lo é a melhor opção possível.

Compartilhe com os amigos, usuários e investidores, pois ninguém pode entender o produto melhor do que as pessoas destinadas a usá-lo.

O que vem depois?

A prototipação de app possibilita realizar melhorias e ajustes no seu aplicativo sem passar por cima do seu orçamento.

O desenvolvimento de um protótipo permitirá imediatamente que você testemunhe o primeiro de seus erros e permita corrigi-los sem liberar seu produto para o mercado.

Como esta é a primeira versão do seu software, prototipar é uma maneira econômica de ter certeza que o projeto foi executado corretamente.

De fato, a prototipagem permitirá que você obtenha insights vantajosos antes de comprometer totalmente seu tempo e orçamento.


Se você gostou deste artigo, siga as redes sociais da Round Pegs para ver outros conteúdos como esse: Instagram, YouTube e Twitter.

16/12/2021

Prototipação de aplicativos — por que e como fazer?