As plataformas No-Code, como o nome sugere, trata-se de um método de construção de aplicativos sem ter que escrever código. Dessa forma, desenvolvedores conseguem arrastar e soltar blocos pré-configurados para criar aplicativos avançados.

Entretanto, não significa apenas construir softwares para novas startups ou negócios de tamanhos diversos, mas também inclui automação do fluxo de trabalho com facilidade, melhorar os processos de negócios ou qualquer situação que você deseja ajudar com as operações e o crescimento.

Conheça as vantagens de usar esse tipo de solução e quais plataformas no-code podem ser utilizadas com a Round Pegs. Aproveite a leitura!

Benefícios das plataformas no-code

O desenvolvimento sem código muda fundamentalmente a forma como as empresas constroem aplicativos, permitindo a construção de fluxos de trabalho complexos sem escrever uma única linha.

É uma solução personalizável, segura e econômica impulsionada por ideias e criatividade, não por conhecimento técnico.

Com efeito, o no-code proporciona oportunidades para as empresas desenvolverem aplicativos de maneiras que não pensavam serem possíveis. Aqui estão os cinco principais benefícios de usar plataformas sem código em empresas.

1. Velocidade: Diminua o tempo para o mercado

O atual mercado de aplicativos já está saturado e os consumidores esperam entrega rápida, assim como experiências incríveis.

Para acompanhar a demanda e se manterem competitivos, os desenvolvedores geralmente fazem tudo o que podem para colocar seus produtos nas mãos dos consumidores o mais rápido possível.

Contudo, dessa forma, o desenvolvimento tradicional não consegue fazer entregas de projetos em uma curta fração de tempo.

Assim, as plataformas no-code fazem a ponte entre a ideia e o aplicativo viável, agilizando sua chegada ao mercado mais rápido (e com menos dores de cabeça).

2. Colaboração: Lacunas de comunicação de ponte

No desenvolvimento tradicional de aplicativos, geralmente há algum nível de desconexão entre os líderes empresariais e as equipes de TI que os apoiam. 

Os gestores, muitas vezes, delineiam as diretivas e as passam aos desenvolvedores, que trabalham para construir projetos que podem ou não atingir a marca.

Mesmo que os processos sejam mantidos, as soluções tradicionais e de código baixo amplificam esse abismo entre os colaboradores dos departamentos de TI e administrativo.

As plataformas no-code proporcionam transparência e colaboração, além de mostrar aos gestores o que está sendo feito em tempo real.

3. Acessibilidade: Quebrar barreiras estruturais

O trabalho de TI, de fato, pode parecer inacessível para aqueles sem conhecimento especializado, ainda mais se considerarmos que as empresas mantêm certo distanciamento entre os departamentos.

Com isso, as equipes de negócios trazem as ideias para a mesa e os desenvolvedores trazem suas visões à vida, ficando presos a processos que não incentivam “pensar fora da caixa”.

Essa estrutura cria gargalos e atrasos nos projetos, já que não são considerados os impactos de entregar projetos cada vez mais complexos para as equipes de TI, que também podem sofrer com poucos recursos.

Nesse sentido, o uso de plataformas no-code torna todos parte do processo de desenvolvimento de aplicativos, independentemente da experiência.

Ao aumentar o número de pessoas que conseguem contribuir para a construção de aplicativos, as empresas podem começar a reduzir seus backlogs de projeto, economizando tempo e dinheiro ao longo do caminho.

4. Flexibilidade: Construa em seus próprios termos

O desenvolvimento tradicional de software está enraizado em código legado e modelos rígidos de dados. Por isso, os desenvolvedores devem definir todas as ferramentas usadas (por exemplo, quais aplicativos de terceiros precisam ser integrados) desde o início, o que pode dificultar a tirar um projeto do papel.

Além disso, ao usar esse tipo de recurso é possível ter flexibilidade de começar a construir imediatamente, com total liberdade para redirecionar o projeto completamente quando necessário.

Do mesmo modo, dentro de um banco de dados sem esquemas, você está livre para armazenar as informações sem interagir com a estrutura anterior.

5. Redução de custos: reduza a manutenção do legado

A manutenção do legado pode ser um enorme dreno em recursos do departamento de TI e fundos da empresa. Afinal de contas, modificar ou corrigir o trabalho requer mergulhar profundamente no código para realizar engenharia reversa demorada.

Por outro lado, com o desenvolvimento no-code não há necessidade de manter o código legado. Assim, plataformas como Adalo, Bubble, Webflow e muitas mais permitem que você construa aplicativos personalizados sem código.

Eles também podem trabalhar ao lado dos sistemas legados existentes, permitindo aos seus desenvolvedores manter o que funciona e mudar o que não funciona.

Isso resulta em construções mais rápidas, sem custos de manutenção e mais tempo para as equipes se concentrarem no que realmente importa.

Plataformas no-code

Desde o lançamento de sites, a construção de automação de fluxo de trabalho e o desenvolvimento de aplicativos, plataformas no-code podem ajudar as empresas a construírem softwares rapidamente.

O no-code abre a porta de entrada para os criativos fazerem seus sonhos acontecerem, não importa quais sejam suas habilidades.

Se você está interessado em começar a tirar suas ideias do papel (ou do bloco de notas) conheça algumas opções que podem ser utilizadas na Round Pegs e comece a planejar o início do desenvolvimento do seu aplicativo.

Adalo

Opção ideal para quem precisa passar do protótipo para aplicativos rapidamente, a Adalo pode facilitar o desenvolvimento do seu app de entrada de dados, enquanto você trabalha em um aplicativo web, por exemplo.

Dessa forma, você tem liberdade de fazer seus projetos com a mesma facilidade que tem quando cria um slide de uma apresentação em Power Point.

Bubble

Permite que você construa seu próprio aplicativo sem precisar saber nenhuma linguagem de programação. O Bubble oferece aos aspirantes a desenvolvedores de aplicativos um conjunto visual de componentes para montar e lançar produtos finais em pleno funcionamento.

Muitas opções de personalização funcional fazem do Bubble uma poderosa ferramenta para desenvolvimento de software e construção de aplicativos.

A plataforma permite que qualquer um que tenha uma ideia para construir, desenvolver um protótipo e lançá-lo rapidamente.

Webflow

O Webflow lhe concede a capacidade de criar qualquer site que você gostaria sem conhecer uma única linha de código, incluindo lojas virtuais.

Com uma variedade de modelos para começar e uma interface de usuário intuitiva de arrastar e soltar, você poderá trazer sua ideia a vida rapidamente.

Se você deseja começar com um modelo responsivo ou construir do zero, o Webflow permite a personalização completa. A codificação visual e o desenvolvimento permitem que qualquer pessoa pegue o que está em sua imaginação e transforme em algo real.

Em um cenário em que não tem muita verba para investimentos, o Webflow oferece uma entrada acessível, permitindo que você coloque um site de alta qualidade sem gastar uma enorme quantidade de tempo ou dinheiro.

Zapier

Você tem vários aplicativos, todos gerando dados importantes que você gostaria de vincular em um processo automatizado? O Zapier permite que você conecte diferentes plataformas de aplicativos, automatizando e agilizando seu fluxo de trabalho.

As automações dessa plataforma se estendem a muitas das ferramentas familiares que as empresas usam, como o Twitter, Slack, Dropbox, Shopify, entre outras.

Com isso, você economiza tempo automatizando esses processos, tornando a Zapier uma ferramenta fantástica para trazer mais eficiência à sua empresa.

Com a Round Pegs você pode desenvolver os seus aplicativos utilizando uma das plataformas listadas acima, devido à parceria, que facilita sua integração e execução dos seus projetos.

Quer colocar as suas ideias em prática? Conheça a Round Pegs, especialista em no-code. Acesse o site e saiba como iniciar o seu projeto sem precisar conhecer sobre programação.



16/12/2021

4 melhores plataformas No-Code que você precisa conhecer